Futebol

Dupla Fla-Flu usa problemas no estádio do Palmeiras para questionar proposta do Vasco para licitação do Maracanã | NETVASCO

Dupla Fla-Flu usa problemas no estádio do Palmeiras para questionar proposta do Vasco para licitação do Maracanã Quinta-feira, 01/02/2024 – 18:30 Com seis recursos de impugnações ainda sendo analisados pela Comissão de Licitação do Maracanã do Governo do Rio de Janeiro, o Consórcio Fla-Flu contestou em nova petição a qualificação técnica do Consórcio Maracanã para Todos, formado por Vasco e WTorre. Flamengo e Fluminense citam a “precariedade do gramado” sintético do Palmeiras, no estádio Allianz Parque, além de suposta dívida da WTorre com o Alviverde – “(A WTorre) não teria supostamente feito repasses das receitas pelo uso do estádio desde 2015 em valores próximos a R$ 130 milhões”. O fato revelante foi encaminhado à Comissão de Licitação para que os servidores do Governo avaliem de maneira “adequada a idoneidade do atestado de capacidade técnica apresentado” pelo consórcio vascaíno. O documento do Consórcio Fla-Flu lembra a declaração da presidente do Palmeiras, Leila Pereira, que fez críticas à manutenção do estádio e do gramado do Allianz Parque “supostamente em razão da sequência de shows no local” e disse que “daqui a 20 ou 25 anos vão entregar o Coliseu para a gente e não recebemos absolutamente nada”. Além disso, os representantes de Flamengo e Fluminense apontam que “o conflito entre as duas entidades (Palmeiras e WTorre) ganhou contornos ainda mais graves”, pois o Palmeiras afirmou publicamente que “somente voltará a mnandar jogos no estádio quando a Real Arenas honrar com a sua obrigação de realizar a manutenção adequada do campo”, com ameaça da diretoria palmeirense pedir a interdição do próprio estádio, pelo “descaso da superficiária com a qualidade do campo” e ainda pelo “risco à integridade física de profissionais”. “…resta evidente que a SEP, que atestou a capacidade técnica do Consórcio Maracanã para Todos, manifestou publicamente a falha da Real Arenas na manutenção do estádio Allianz Parque, o que desabona a suposta qualificação técnica do consórcio”, afirma o documento de Fla e Flu. O ge procurou a assessoria da WTorre e também a direção do Vasco para se manifestar sobre a petição de Flamengo e Fluminense. Ainda não houve retorno. A reportagem será atualizada assim que houver manifestações do Consórcio Maracanã para Todos. Cronograma processo de licitação Maracanã: • Dia 7 de dezembro de 2023: propostas entregues pela dupla Flamengo e Fluminense, Vasco e Arena 360. • Dia 19 de dezembro de 2023: comissão de licitação habilita os três concorrentes e abre prazo para impugnações • Primeira semana de fevereiro de 2024: Governo prevê divulgar resultado de análise de impugnações e defesa em total de seis recursos de concorrentes • Fase 2 – sem data estipulada: abertura dos envelopes de propostas técnicas dos classificados e nova abertura de prazos para recursos e análise do Governo em cima destes recursos • Fase 3 – sem data estipulada: abertura dos envelopes de propostas financeiras dos classificados e nova abertura de prazos para recursos e análise do Governo em cima destes recursos • Publicação do resultado – sem data prevista. Chuteira de jogador do Palmeiras depois do duelo contra o Santos, no Allianz Parque, na última semana — Foto: Arquivo PessoalTrecho de documento de Fla e Flu — Foto: Reprodução Fonte: ge

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *