Comédias na televisão brasileira

xx-78

As comédias são presença diária na televisão brasileira. O brasileiro é um povo que sabe ir buscar o humor mesmo quando este está escondido por detrás de tempos difíceis, de crises, das constantes dificuldades econômicas e sociais que a sociedade brasileira tem atravessado.

O que é engraçado e o que não é, o que não tem mesmo piada ou o que pode ser ofensivo, as coisas com que se pode brincar e as politicamente incorretas, tudo isso é discutível pois o humor depende de indivíduo para indivíduo e mesmo de situação para situação. Baseámos assim as nossas escolhas num inquérito feito a mais de 70000 brasileiros sobre qual o seu programa de comédia favorito que passa ou passou na televisão do Brasil.

Em quinto lugar surge Hermes e Renato, do canal MTV, que esteve no ar entre 1999 e 2009.

Na quarta posição, Sai de Baixo, transmitido pela Rede Globo entre 1996 e 2002.

Em terceiro lugar aparece a série Os Normais, que andou pela Rede Globo apenas entre 2001 e 2003. A série gira em torno de um casal do Rio de Janeiro, Rui e Vanilce. Caracterizava-se por um final sempre improvisado pelos dois atores.

xx-78A segunda comédia televisiva mais popular na televisão brasileira é a Pânico na TV, da RedeTV!. Este programa, estreado em 2003, foi uma transposição para a televisão de um programa de rádio de sucesso chamado Pânico. Baseia-se em brincadeiras do gênero “câmera escondida” e em sátira que teve a sua dose de polémica ao longo dos anos.

E o programa eleito pelos inquiridos sobre o líder da comédia televisiva no Brasil é o CQC, abreviatura de Custe o Que Custar, que está no ar desde 2008 na Rede Bandeirantes. Baseia-se numa análise carregada de sátira e humor aos acontecimentos da semana no Brasil e no mundo, contando com um painel fixo e com convidados.