A importância dos programas televisivos no Brasil

2f0uLd3E

A televisão no Brasil está longe de reunir consenso, frequentemente cria polémicas e é criticada pela sua tendência sensacionalista. Mas o que seria agora o Brasil sem televisão? Sem a sua televisão? Sem a televisão que é criada por brasileiros, com brasileiros, para brasileiros?

Que nos perdoem os linguistas e os aficionados da bola mas, para além do português e do futebol, o que une os brasileiros é a televisão. E não é só quando o Brasil joga nos campeonatos de futebol, nem quando algum escândalo político abala o país. O funeral de Ayrton Senna foi seguido em direto por milhões de brasileiros. Quem não conseguiu estar presente, de alguma forma partilhou da dor nacional através dos ecrãs dos televisores.

Mas voltemos atrás e vejamos o que acontece quando o Brasil joga num Campeonato do Mundo de futebol. O país inteiro para. E reúne-se à voltas dos ecrãs de televisão. O território brasileiro é enorme e só mesmo a televisão consegue transmitir conteúdos suficientemente fortes e aglutinadores para unir os brasileiros.

Para além deste papel importante que tem em levar as notícias e relatos a todos os cantos do Brasil, a televisão nacional permite também a divulgação de tendências. O que seria da música sertaneja sem a televisão, para a levar ao público residente nas grandes metrópoles? Como conseguiriam os filmes como Tropa de Elite 2 chegar ao público do interior se não fosse pela pequena caixa mágica? Os programas informativos, os telejornais, levam as notícias do país e do mundo a todo o território.

E as telenovelas proporcionam entretenimento enquanto ao mesmo tempo mostram modos de vida, modos de ser e de existir que variam muito vincadamente de região para região do Brasil.

Os programas televisivos de qualidade contribuem ativamente para a união de um país imenso e tão culturalmente diverso como é o Brasil.